Trabalhando juntos para o bom manejo da água: uma conversa com a Nestlé sobre a transformação de um setor desafiador

A Nestlé reconhece muitos padrões confiáveis de sustentabilidade em suas cadeias de valor, incluindo a Alliance for Water Stewardship (AWS), a Rainforest Alliance, a Fairtrade International e a Mesa Redonda sobre Óleo de Palma Sustentável. Norma Tregurtha, Diretora de Política e Divulgação da ISEAL, falou com o Diretor Técnico de Recursos Hídricos da Nestlé, Carlo Galli, sobre o trabalho da empresa com a AWS para transformar um setor industrial desafiador. Carlo será o principal orador da Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade deste ano.

A água é uma questão que constantemente transita na agenda da sustentabilidade. Parece quase inimaginável que uma cidade internacional como a Cidade do Cabo corra o risco de ficar sem água, mas sabemos que este não é um caso isolado: São Paulo, Bogotá e Los Angeles enfrentam escassez de água devido a secas cíclicas agravadas pelo desmatamento, mudanças climáticas e má gestão dos recursos hídricos. Do ponto de vista de uma grande empresa de alimentos e bebidas, como a Nestlé, que atua no mercado de água engarrafada, a situação na Cidade do Cabo mostra em que medida a água representa um risco comercial imediato e tangível. Também destaca a importância de empresas como a Nestlé demonstrarem liderança em torno da questão do manejo da água.

Sobre a questão da liderança em relação a água, seria bom entender o que a Nestlé vem fazendo nesse campo.

Do lado da Nestlé, a questão da administração de recursos hídricos não é um tema novo – há décadas temos nos empenhado para melhorar a eficiência do uso da água em nossas fábricas. Isso nos deu credibilidade e nos permitiu demonstrar a liderança que você mencionou. No entanto, aprendemos que focar apenas em nossas próprias operações não é suficiente para garantir a resiliência de nossos negócios.

Com o passar do tempo, transformamos nossa estratégia hídrica em uma estratégia mais colaborativa, favorecendo o engajamento em ação coletiva no nível das bacias, especialmente em nossa cadeia de fornecimento agrícola. A água é um recurso utilizado por muitas partes interessadas. É somente trabalhando em conjunto que podemos tornar sustentável a gestão local de recursos hídricos.

Quais são as metas da Nestlé para o manejo da água?

Estabelecemos nossas ambições de liderança no espaço de manejo da água na publicação 'Nestlé Commitment on Water Stewardship'. A publicação traz as áreas-chave do nosso compromisso: eficiência no uso da água, qualidade da água dispensada, engajamento na agricultura, acesso à água e saneamento, além de esforços de divulgação para promover o valor da água.

Podemos ter um impacto real em campo, concentrando-nos nestas áreas prioritárias e reportando os resultados de forma transparente.

A Nestlé Waters, uma das empresas que operam sob a marca Nestlé, anunciou recentemente que todas as cinco fábricas na Califórnia e sua primeira fábrica no Canadá são certificadas pelo padrão AWS. Você pode nos contar sobre a jornada da Nestlé até a certificação?

Estamos envolvidos no processo da AWS desde o início. De 2011 a 2014, participamos de um processo com várias partes interessadas que foi usado para desenvolver o padrão da AWS. Vimos a necessidade de estabelecer uma linguagem comum (o padrão da AWS) para definir a gestão de recursos hídricos.

Desde então, usamos o padrão em locais prioritários. Começamos implementando os princípios e critérios informalmente enquanto trabalhávamos para obter a certificação da AWS.

O uso do padrão tem sido uma revelação. Descobrimos novas oportunidades e áreas para melhoria. O padrão também nos ajudou a estabelecer uma forma mais completa de engajar as partes interessadas locais e divulgar nossas atividades de forma transparente.

Estamos convencidos de que a obtenção da certificação nos permite comunicar melhor sobre nossas boas práticas. Ela permite que nos afastemos de auto declarações de bom manejo da água. Em vez disso, temos um processo terceirizado crível com organismos de avaliação de conformidade que chegam aos nossos locais de produção e analisam nossas práticas de forma profunda antes de liberar as certificações da AWS.

Que conselho você daria para empresas novatas no trabalho com a AWS?

A AWS tornou-se, progressivamente, uma plataforma de referência para os que estão no setor público, empresas e sociedade civil, e que estejam genuinamente comprometidos em promover e implementar um bom manejo da água.

Encorajamos as novas empresas a se envolverem no processo da AWS. O manejo da água diz respeito aos esforços pré-competitivos de várias organizações.

O envolvimento com o processo da AWS proporcionará confiança e credibilidade ao longo do tempo para aqueles que atendem aos seus princípios e critérios. O padrão da AWS é o único padrão para água que foi construído com base em um processo confiável de participação múltipla.

 

Carlo Galli é Diretor Técnico de Recursos Hídricos da Nestlé e membro do Comitê Técnico da Alliance for Water Stewardship. Em seu discurso na Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade, no dia 23 de maio de 2018, em São Paulo, Carlo falará sobre como a Nestlé tem usado abordagens inovadoras e parcerias com padrões para alcançar suas ambições de manejo da água. Inscreva-se agora para participar da conversa sobre como podemos fazer com que os padrões funcionem para as pessoas, lugares e assuntos que mais importam.